ARTIGO

Agradecer sempre

quinta-feira, 14/12/17 13:24

Possuímos o hábito de pedir todos os dias saúde, sucesso, realização profissional, pessoal etc. Algumas pessoas também agradecem pelo que conquistaram durante toda a vida, gostam de agradecer e se sentem bem quando fazem isso, mesmo quando passam por situações difíceis.

A gratidão é um sentimento puro e nobre do ser humano que deve ser cultivado todos os dias. Quando agradecemos, reconhecemos tudo que conquistamos na vida e passamos a dar mais valor às mínimas coisas. Na gratidão, podemos nos aproximar cada vez mais da felicidade, pois conseguimos reconhecer nossas qualidades e das pessoas com quem convivemos. Agradecer um carinho, um sentimento, uma boa atitude, as conquistas profissionais e materiais, a saúde e agradecer também os mínimos detalhes que às vezes nem percebemos, como, por exemplo, o ar que respiramos, o Sol que ilumina nossos dias, o sorriso de uma criança entre outras coisas.

Agradecer diariamente nos dá a oportunidade de sermos mais otimistas diante da vida. Passamos a acreditar mais em nós mesmos e na vida. Agradecer fortalece nossa fé e nos une mais às pessoas. A vida fica mais leve quando agradecemos todos os dias. Acredite, melhora também nosso humor!

Se você ainda não possui o hábito de agradecer, comece a fazer isso todos os dias pela manhã ou ao se deitar. Passe a observar o mundo ao seu redor e veja quanta coisa boa há na vida. Se estiver passando por um momento delicado, com dificuldades, ou por uma doença, não é motivo para deixar de agradecer, pois tudo que passou faz parte da sua vida e contribuiu para você ser o que é hoje.

Às vezes, passamos por momentos difíceis que naquele instante não entendemos o porquê, ficamos tristes e até revoltados e quando a “tempestade” passa podemos observar que aquele fato ocorreu para nos ajudar a sair de uma situação de comodismo e podemos assim avançar e evoluir um pouco mais.

Portanto, agradeça a Deus todos os dias de sua vida! Faça 40 (quarenta) agradecimentos diariamente. Este número é simbólico só para termos uma ideia de que podemos agradecer muitas coisas que são na maioria das vezes esquecidas, mas que devemos valorizar por serem essenciais. O fato de podermos respirar, por exemplo, é algo tão automático que nem percebemos a importância. Coisas simples como esta devem ser lembradas, desta forma a meta simbólica de 40 (quarenta) agradecimentos será atingida facilmente. Você se sentirá mais leve e feliz.

Débora Guizoli

É psicóloga, com pós-graduação em Gerontologia pela PUC Minas. Atua como Instrutora de Oficina de Memória no SINJUS-MG. Possui experiência com trabalhos em grupo focados em Estimulação Cognitiva e Desenvolvimento Humano.

Meus últimos artigos

ver mais
ARTIGO Processo de finitude terça-feira, 31/07/18 12:26
ARTIGO LONGEVIDADE E CUIDADO FAMILIAR sexta-feira, 06/07/18 13:24
ARTIGO Nossa memória pode falhar? quinta-feira, 24/05/18 11:44
Top