JUDICIÁRIO

Comissão discutirá porte de arma para promotores em tribunais

quinta-feira, 17/01/19 11:23

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) criaram comissão paritária para “tratar do exercício da prerrogativa dos membros do Ministério Público brasileiro de portar arma de fogo nas dependências do Poder Judiciário”.

Uma portaria conjunta de novembro último –assinada por Raquel Dodge, procuradora-geral da República, e Dias Toffoli, presidente do CNJ– foi publicada nesta quarta-feira (16), quando entrou em vigor.

São integrantes da comissão paritária os conselheiros Arnaldo Hossepian Salles Lima Júnior (CNJ); Luciano Nunes Maia Freire (CNMP); Marcelo Weitzel Rabello de Souza (CNMP) e Márcio Schiefler Fontes (CNJ).

O grupo deverá fazer a primeira reunião em fevereiro. A criação do grupo é atribuída à necessidade de aclarar o uso de arma por conta da prerrogativa legal que o Ministério Público e a Magistratura possuem.

A origem da comissão é uma Nota Técnica do CNMP –assinada em 2017 pelo então PGR, Rodrigo Janot– diante de controvérsia gerada por atos do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, ao cumprir a Lei Federal nº 12.694/2012.

Esses atos limitariam a prerrogativa de agentes do Ministério Público de portar arma de fogo.

Estabeleciam a vedação do acesso ao prédio do tribunal, determinando a entrega do armamento, acaso portado, à equipe de segurança. Previam ainda a subordinação dos membros do Ministério Público a triagem de segurança, inclusive com detectores de metal, raio-X e afins –mesmo após devidamente identificados.

O CNMP entendeu que as medidas para a segurança física das instalações do Poder Judiciário acabaram por fragilizar a proteção dos Promotores de Justiça, que “exercem relevantes atividades no combate à criminalidade organizada” e “são merecedores de uma pronta e imediata defesa pessoal que minimize, o quanto possível, os incontáveis riscos a que estão submetidos”.

Fonte: Folha de São Paulo

Últimas notícias

ver mais
Resolução 88/2009 Fenajud pede que CNJ apure cargos em comissão nos TJs quarta-feira, 24/04/19 11:40 Pedido foi protocolizado no Conselho Nacional de Justiça pela assessoria jurídica da Federação. Objetivo ...
CARREIRA PUBLICADA CLASSIFICAÇÃO FINAL DA PV 2017 quarta-feira, 24/04/19 10:38 O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) publicou no Diário da Justiça eletrônico ...
CONCENTRAÇÃO ÀS 13H VENHA DE PRETO PARA O ATO E PARA A AGE DESTA 4ªF. terça-feira, 23/04/19 17:35 Nesta quarta-feira, às 13h, os servidores do Judiciário mineiro têm um compromisso com a ...

Convênios

ver mais
Cruzeiro Esporte Clube – Clubes Barro Preto e Pampulha Clubes Barro Preto e Pampulha . BH (31) 3291 2599 www.cruzeiro.com.br ISENÇÃO da Taxa de Adesão ver mais
Globalcell Assistência Técnica Celulares Vila Paris . BH (31) 3657 6761 ou 98120 8155 http://twixar.me/gzTK 10% a 15% ver mais
Fina Forma Clínicas de Estética Savassi, Funcionários, Buritis e Ouro Preto . BH (31) 98787 2922 www.finaforma.com.br 10% a 15% ver mais
BH parking (Barro Preto) Estacionamentos Barro Preto . BH (31) 99967 3837 / 99897 7298 www.bhparking.business.site 15% a 43% ver mais
Bancorbrás Viagens e Turismo Viagens e turismo Funcionários . BH (31) 4009 3400 www.bancorbras.com.br 50% na Taxa de Adesão ver mais
Top