ARTIGO

DESJEJUM DE REI, ALMOÇO DE PRÍNCIPE E JANTAR DE PLEBEU

quinta-feira, 14/02/19 18:43

Muitos acreditam que a primeira refeição do dia é a mais importante de todas, afirmando que a alimentação matinal é essencial para dar energia, melhorar a concentração e não deixar com que a fome cresça descontroladamente durante a tarde e à noite. Porém, essa visão tem mudado um pouco. Com o sucesso das dietas que incluem o jejum intermitente, pular o café da manhã pode ser saudável para a limpeza e bom funcionamento do organismo. Mas o que a ciência diz sobre isso?

Se pensarmos nos tempos antigos, os seres humanos não tinham refeições programadas. Eles comiam quando sentiam fome. Já quando as mulheres começaram a ser inseridas no mercado de trabalho, alimentar as crianças exigia um preparo maior, uma vez que elas não as acompanhariam durante o dia. Esse foi um dos fatores que contribuíram para creditarmos tamanha importância às refeições matinais. A partir disso e do crescimento da associação da comida como fonte de energia, a indústria alimentícia começou a abastecer os mercados com alimentos que prometem força para enfrentar a rotina. Um bom exemplo disso são os cereais.

Em 1999, um estudo publicado apontou que aqueles que não tomavam café da manhã chegavam ao entardecer exaustos e tinham desempenho debilitado em testes de memória.

As sensações e sentimentos também podem ser mais positivos em pessoas que tomam café da manhã. Ainda assim, isso não comprova que a refeição deve ser grande e pesada. A escolha dos alimentos e quantidades pode variar bastante entre os indivíduos, de acordo com a rotina e com os hábitos de cada um.

Para os que deixam para comer mais tarde, ingerir alimentos algumas horas depois de acordar pode ser tão benéfico quanto quebrar o jejum logo cedo. Alguns estudos apontam que aumentar o tempo entre o jantar e refeições matinais pode ser uma estratégia para perder peso. Conhecido como jejum intermitente, essa técnica tem o objetivo de fazer com que o corpo utilize os estoques de gordura para se manter vivo. Na pesquisa, a primeira refeição foi feita 90 minutos após as pessoas acordarem. Se você gosta de tomar o seu café ao chegar no trabalho, por exemplo, não há problema nenhum, desde que o seu corpo não apresente sintomas negativos. Porém, se você se sente muito fraco e cansado é melhor comer mais cedo. Mas, se o seu corpo se adapta bem, sem apresentar sintomas, não há problemas em retardar o café da manhã.

Você pode adiantar o seu jantar e ter a primeira refeição mais cedo. Cabe a cada um testar o que é melhor para si. Ainda assim, tudo é uma questão de adaptação e necessidade. Se você janta muito tarde ou faz uma última refeição mais pesada, é provável que a fome apareça mais tarde pela manhã. É necessário escutar seu corpo, lembrando que o jejum intermitente deve ser recomendado e acompanhado por especialistas.

Concluindo, as três refeições são muito importantes, mas, para quem procura emagrecer, o correto é manter uma alimentação com seis refeições para que, assim, a pessoa não coma tudo de uma só vez.

O correto é alimentar-se também entre as refeições. Dessa forma, as pessoas comem menos e distribuem melhor as energias dos alimentos digeridos durante o dia inteiro.

Heloisa Helena

Especialista em Nutrícia Clínica, a área da nutrição que foca na ingestão adequada de alimentos e nutrientes para resistência a doenças. Heloísa também atua na área de nutrição esportiva, voltada para praticantes de atividades físicas.

Convênios

ver mais
Sala de Música BH Artes Lourdes . BH (31) 3291 5974 www.salademusicabh.com.br 15% a 40% + Isenção da Matrícula ver mais
Minas Day SPA Spa Serra . BH (31) 3223 7542 www.minasdayspa.com.br 20% ver mais
Art Day SPA Spa Buritis . BH (31) 97563 3165 www.facebook.com/artdayspa 20% ver mais
Marina Gonçalves Terapias alternativas Centro . BH (31) 99972 0403 R$50* a R$70* por sessão ver mais
Samba Rio de Pedras Hotelaria Itabirito . Minas Gerais (31) 3888 6161 www.sambahoteis.com 12% a 20% ver mais
Top