DENUNCIE

ESTRESSE CRÔNICO NO TRABALHO PODE SER BURNOUT

quinta-feira, 30/05/19 17:40

Recentemente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) incluiu a Síndrome de Burnout na sua Classificação Internacional de Doenças. Esse é um importante passo tanto para a prevenção do problema quanto para que as vítimas de um ambiente de trabalho conturbado possam ter acesso a tratamentos. Foi para atuar na defesa dos servidores que passam por esses e outros transtornos dentro do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais (TJMMG) que o SINJUS-MG criou a sua Comissão de Combate ao Assédio Moral.

Segundo a OMS, o Burnout é uma síndrome resultante de estresse crônico que, necessariamente, tem origem no ambiente de trabalho. A doença se desenvolve a partir de práticas que configuram assédio moral, como carga excessiva de trabalho, acúmulo de responsabilidades, falta de reconhecimento ou segregação do funcionário pela chefia, falta de autonomia para tomar decisões, humilhações, entre outros.

A síndrome afeta tanto o desempenho no trabalho como a vida social do indivíduo, e os sintomas mais recorrentes são:

  • Cansaço excessivo físico e mental;
  • Dores de cabeça frequentes;
  • Alterações no apetite e no humor;
  • Insônia;
  • Dificuldades de concentração;
  • Sentimento de fracasso e insegurança;
  • Alteração nos batimentos cardíacos;
  • Pressão alta;
  • Dores musculares;
  • Problemas gastrointestinais.

Por ter sintomas parecidos, muitas vezes o Burnout é confundido com a depressão (doença psiquiátrica) ou com ansiedade (reação fisiológica automática do corpo a circunstâncias temporárias). Mas, quando se trata do Burnout, o ponto fundamental está no fato de que é o ambiente de trabalho a causa do distúrbio.

“É preciso que as vítimas ou os seus colegas denunciem os abusos ocorridos dentro do local trabalho. Para os casos que ocorrem no TJMG, o SINJUS possui atendimento direcionado para os servidores, com o acompanhamento de um psicólogo e também de um advogado para as providências jurídicas. Sempre que acionados, os dirigentes do Sindicato também buscam a mediação do conflito com a Administração do Tribunal e com as chefias imediatas”, explica o diretor de Assuntos Sociais, Culturais e de Saúde, Felipe Rodrigues.

Para solicitar o suporte do Núcleo de Acolhimento de Assédio Moral do SINJUS, o servidor deve ligar no telefone (31) 3213-5247 e agendar um horário. O atendimento psicológico é gratuito para os casos de sofrimento associado ao trabalho.

É fundamental também que os servidores apresentem denúncia no próprio TJMG, por meio do email comissao.assediomoral@tjmg.jus.br. O caso será encaminhado à Comissão Paritária de Combate ao Assédio Moral do TJMG, da qual fazem parte magistrados, servidores da Gerência de Saúde no Trabalho (Gersat) e representantes sindicais das categorias.

“Agora, com o Burnout na lista de doenças da OMS, esperamos que as pessoas se conscientizem sobre a seriedade da questão. A palavra de ordem deve ser cuidado. Cuide-se. Cuide do seu colega. Cuide do seu ambiente de trabalho”, adverte Felipe Rodrigues.

Para saber mais sobre a atuação do SINJUS no combate ao assédio moral e em favor da melhora da qualidade de vida do servidor, entre na página do nosso Núcleo de Saúde. Nesse espaço você encontra notícias, cartilhas, documentos, pesquisas e informações sobre os atendimentos.

Nossos canais de comunicação estão abertos para você. Conte com o SINJUS! Denuncie!

Notícias relacionadas

2 DE MAIO ASSÉDIO MORAL NO AMBIENTE DE TRABALHO. DENUNCIE! quinta-feira, 02/05/19 14:43 Ninguém gosta de ser cobrado ou receber uma bronca no ambiente de trabalho. É verdade que todo setor tem imposições e cobranças que são comuns, considerando a responsabilidade de cada servidor e o poder de direção da chefia. O ... leia mais

Últimas notícias

ver mais
Redução Salarial STF retoma julgamento da ADI 2238 dia 21 de agosto segunda-feira, 19/08/19 15:45 Fenajud convida sindicatos de base para mobilização no Supremo Tribunal Federal na data. Especialistas ...
transporte coletivo Acessibilidade no transporte rodoviário motiva visita segunda-feira, 19/08/19 15:39 Comissão vai ao DEER-MG para verificar a prestação de serviço às pessoas com deficiência ...
PEC 6/2019 Audiências sobre a reforma da Previdência dominam a semana da CCJ segunda-feira, 19/08/19 15:32 A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) dedicará quase toda a semana a ...

Convênios

ver mais
Cervejaria SLOD Bebidas / Cervejarias Jardim Canadá . Nova Lima (31) 3665 9207 www.slod.com.br 5% ver mais
Grupo Tauá de Hotéis Hotelaria Caeté e Araxá/MG . Atibaia/SP (31) 3236 1900 www.tauaresorts.com.br 10% ver mais
Clubes de Lazer do Cruzeiro Clubes Barro Preto e Pampulha . BH (31) 3291 2599 www.cruzeiro.com.br ISENÇÃO da Taxa de Adesão ver mais
Barbearia Medie Val Barbearia Cruzerio . BH (31) 3568 3712 https://goo.gl/x5scoU 10% a 20% ver mais
Top