ACESSIBILIDADE

FALTA DE COBRADOR NOS ÔNIBUS PREJUDICA POPULAÇÃO

segunda-feira, 14/05/18 12:54

A ausência, cada vez mais frequente, de cobradores nos ônibus de Belo Horizonte e região metropolitana tem impactado a rotina dos cidadãos. Além de trazer insegurança para os usuários, a falta dos agentes de bordo prejudica, principalmente, pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência visual. Sem o agente de bordo, cabe ao condutor do coletivo cobrar a tarifa, dar informações, monitorar assentos reservados e ainda operar os elevadores de acesso. Quem precisa de ajuda acaba ficando em segundo plano.

Em abril, o tema foi discutido em uma audiência pública na Comissão de Participação Popular da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Motoristas e usuários argumentam que os condutores estão sobrecarregados com a cobrança das passagens e com as outras tarefas que precisam desempenhar durante o trajeto. O deputado estadual doutor Jean Freire (PT), presidente da Comissão afirmou que a ausência de cobradores em ônibus precisa ser mais bem avaliada pelo poder público. “Precisamos ter mais coragem de encarar a questão. De um lado, está o capital, e, do outro, o respeito ao ser humano”, pondera.

Na capital, as linhas do Move operam sem cobrador. Cerca de 80% dos usuários do sistema fazem o pagamento com o cartão BHBus. Para as demais linhas – exceto as especiais –, a lei determina que a ausência do cobrador é restrita ao horário noturno e a domingos e feriados. O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH) informou que os motoristas recebem adicional de 20% quando também cobram tarifas.

Fonte: SINJUS-MG, com informações do Jornal O Tempo

Foto: Jornal O Tempo

Últimas notícias

ver mais
ORÇAMENTO E FINANÇAS Repartições públicas podem ter que assegurar atendimento em LIBRAS sexta-feira, 21/09/18 12:06 A presença de um intérprete favoreceria pessoas com deficiência auditiva, democratizando o uso da ...
JUDICIÁRIO Conselheiro do CNJ chama TJPR de “cabide de empregos” quinta-feira, 20/09/18 15:35 O Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) foi duramente criticado na primeira sessão do ...
Top