ARTIGO

FLORESCER NA ADVERSIDADE

quarta-feira, 24/10/18 11:42

 

Quais são seus sentimentos e preocupações em relação ao momento que atravessamos no Brasil? Você tem esperanças, ansiedade, temor, ou tenta se proteger se mantendo indiferente?

Muita turbulência nas relações e reações permeiam nossos dias. Há todo um quadro político e econômico inclusive internacional diretamente influenciador, sem dúvida.

Mas, como terapeuta, te convido para uma reflexão mais pessoal, sutil e profunda sobre nossas inseguranças, desconfortos e conflitos. Lembrei-me da palavra torrente Grupo de indivíduos que toma conta de algo impetuosamente; força que se propaga com intensidade; intensidade das circunstâncias, das situações ou coisas. Uma torrente coletiva vem nos arrastando, quer queiramos quer não para um estado emocional de revolta, indignação e desconfiança.

Esse estado coletivo nos empurra ao fechamento individual, potencializando sofrimentos e disputas de poder. Criando antagonismos nas relações pessoais, afetivas e familiares.

Essa torrente também pode nos aprisionar mentalmente de forma que nos afasta da natureza (nossa fonte de saúde e reequilíbrio), adoece nossos pensamentos e emoções (exemplo: ficamos presos a rancores, disputas, mágoas), aumenta o egocentrismo e a onipotência e cria em nós falsas ilusões de que estamos no comando de tudo.

E desses excessos emocionais e mentais podemos ser jogados ao outro extremo, um perigoso sentimento de fragilidade e impotência.

A trajetória da humanidade tem momentos de difícil travessia… As guerras e tragédias naturais são dois exemplos. Podemos torná-los mais fáceis ou difíceis, e alguns podem ser evitados.

A Vida é bem mais potente e abrangente e envolve e mantém todos os seres viventes. Precisamos nos lembrar disso para não ficarmos, enquanto raça humana, “fechados em nossos umbigos”. Adoecidos por trocas e relações sem afeto e respeito. Somos movidos por trocas. Sobrevivemos enquanto espécie graças à coletividade. O contrário nos destrói.

Portanto, o que cada um pode fazer para tornar as trocas mais positivas, afetuosas de forma que possamos dar suporte uns aos outros?

Há uma Essência Floral de Bach chamada Gorse, retirada de uma florzinha que sobrevive a invernos rigorosos e floresce antes das demais, indicada para o sentimento de desesperança. Sua invocação é: EU ACEITO OS ALTOS E BAIXOS DA VIDA. EU PERMANEÇO COM ESPERANÇA APESAR DAS DIFICULDADES. EU TENHO FÉ NA VIDA.

Contem com a Terapia de Expansão do Ser para colaborar no seu desejo de viver melhor.

Agendamento de atendimentos de Terapia Transpessoal e Medicina Oriental (massagem, acupuntura e Bioenergética) com a terapeuta Lila Parameswara pelo telefone (31) 98892- 8244.

Às segundas e terças-feiras na sala de saúde do SINJUS, na Av. João Pinheiro, 39 – 6º andar

Lila Parameswara

É terapeuta psicocorporal, especialista em Medicina Oriental e Terapia Transpessoal. Atua há 25 anos na área. Atende com massoterapia oriental, acupuntura, terapia floral, fitoterapia e psicoterapia no SINJUS-MG. Autora do site www.expansaodoser.com.br.

Meus últimos artigos

ver mais
ARTIGO O valor do autoconhecimento sexta-feira, 17/08/18 12:28
ARTIGO COMO ESTÁ A SUA ÁGUA? quinta-feira, 28/06/18 15:49
ARTIGO TE ACEITO, TE INCLUO terça-feira, 29/05/18 16:40
ARTIGO A cura através das mãos sexta-feira, 02/03/18 08:32

Convênios

ver mais
Ótica Firenze Óticas Santa Efigênia e Funcionários . BH (31) 3241 1183 ou 3261 2034 10% a 20% ver mais
Iate Tênis Clube BH Clubes São Luiz . Belo Horizonte (31) 3403 1885 / 99169 5707 www.iatebh.com.br 50% + 1ª mensalidade gratuita ver mais
UNIBH Graduação / Pós-Graduação Lourdes, Estoril e União . BH (31) 3319 9500 www.unibh.br 20% a 30% ver mais
Top