A PEC 287/2016 – Reforma da Previdência – altera diversas regras referentes aos benefícios da Previdência e da Assistência Social. As mudanças propostas trazem grandes impactos tanto para os trabalhadores da iniciativa privada e os servidores públicos que não contam com regimes próprios (protegidos pelo Regime Geral da Previdência Social, quanto para servidores públicos, federais, estaduais ou municipais – protegidos pelos Regimes Próprios de Previdência Social). Ou seja, os prejuízos recairão sobre a maioria da população.

Entre as principais mudanças propostas pela PEC estão:

– extinção da aposentadoria por tempo de contribuição;

– definição de idade mínima única para aposentadoria (aos 65 anos) para praticamente todo o conjunto dos trabalhadores (urbanos e rurais; do setor público e do privado; professores; homens e mulheres);

– mudança do cálculo e redução do valor dos benefícios previdenciários em geral;

– proibição do acúmulo de benefícios, como pensões e aposentadorias;

– desvinculação dos benefícios assistenciais e pensões do salário mínimo.

Situação atual O governo apresentou uma proposta de reforma da Previdência em dezembro de 2016, mas ela sofreu alterações na comissão especial da Câmara. O primeiro texto proposto pelo deputado Arthur Maia (PPS-BA), relator da reforma, foi aprovado pela comissão e seguiu para ser votado pelo plenário da Câmara. O governo Temer tentou aprovar a Reforma, mas o projeto está parado na Câmara dos Deputados por falta de votos desde o primeiro semestre de 2017. Ao longo dos meses, o Planalto teve de fazer concessões para tentar passar a proposta, mas, ainda assim, não obteve sucesso até o momento. Se a Câmara aprovar a reforma, ela vai para o Senado.

Últimas notícias

SEMINÁRIO DEBATE VAI ABORDAR REFORMAS E RENEGOCIAÇÃO DA DÍVIDA sexta-feira, 22/02/19 14:58 A deputada estadual Beatriz Cerqueira (PT) e o deputado federal Rogério Correia (PT) vão ...
REFORMA DA PREVIDÊNCIA PROPOSTA DO GOVERNO VAI TIRAR DIREITOS DOS SERVIDORES quinta-feira, 21/02/19 18:17 A Reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro nesta quarta-feira, 21/2, traz mudanças significativas ...
reforma previdenciária Trabalhador pode ter de contribuir por 49 anos, alerta Paulo Paim terça-feira, 19/02/19 12:08 O senador Paulo Paím (PT-RS) disse, nesta segunda-feira (18), que, pela proposta de reforma ...
isenções previdenciárias Renúncias previdenciárias vão tirar R$ 54 bi do INSS segunda-feira, 04/02/19 15:09 Em meio à discussão de novas regras para a Previdência, benefícios a pequenas empresas, ...