1 – Envio de projeto de lei ao Legislativo para cumprimento da Lei estadual nº 18.909/2010 (fixa em 1º de maio a data-base para revisão-geral anual dos vencimentos e proventos) referente aos anos de 2018 e 2019;

2 – Reposição de todas as perdas inflacionárias desde 2014 decorrentes de datas-bases implementadas com índice abaixo da inflação dos períodos correspondentes;

3 – Cumprimento integral da Lei estadual 23.173/2018 que institui os auxílios-saúde e transporte, inclusive com pagamento do passivo trabalhista devido.

4 – Atualização dos valores dos auxílios-saúde e transporte nos termos do art. 4º da Lei estadual nº 23.173/2018, a partir de 01/01/2018 (início de vigência da lei), assegurando a recomposição total das perdas inflacionárias do período;

5 – Atualização monetária do valor do auxílio-creche;

6 – Reajuste do abono previsto na Lei 20.715/2013;

7 – Fim do limite de vagas para a promoção vertical;

8 – Inclusão na Proposta Orçamentária do Poder Judiciário para 2020 de dotação orçamentária específica e suficiente para o atendimento dos itens previstos nesta pauta de reivindicações.