PPA

SINJUS APRESENTA NAP PARA FUTUROS APOSENTADOS

terça-feira, 04/09/18 12:55

Nesta terça-feira, 4/9, servidores que estão se preparando para aposentar receberam informações e tiraram dúvidas com o diretor de Aposentados e Pensionistas do SINJUS-MG, Alex Aguiar, durante mais uma edição do Programa de Preparação para Aposentadoria (PPA) do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). O curso é realizado pela Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes (Ejef).

O sindicalista destacou as principais atividades desenvolvidas pelo Núcleo de Aposentados e Pensionistas (NAP) do SINJUS, entre elas as aulas particulares de informática (Programa Independência Digital), a Oficina de Memória, o Ateliê de Pintura e a Roda de Leitura. Ele explicou que o grupo se reúne uma vez por mês na Sala de Atividades da entidade e um especialista é convidado para falar sobre temas variados como bem-estar, saúde e alimentação.

A programação do NAP se estende a outros espaços como as visitas a museus e galerias de arte, além de viagens (nacionais e internacionais). 

E, além das atividades que aumentam a qualidade de vida, os aposentados e pensionistas também são engajados na luta por conquista e preservação de direitos: eles acompanham de perto as manifestações da categoria. Nas reuniões mensais, os participantes recebem informes sobre as lutas e sobre ações judiciais de interesse dos aposentados.

O diretor de aposentados convidou a todos para visitar a exposição “São Francisco na arte dos Mestres Italianos”, na Casa Fiat de Cultura, 11/09 às 14h30. Os interessados devem entrar em contato com o SINJUS pelo telefone 3213-5247 até o dia 10/9.

Por fim, todos os participantes do PPA foram convidados a integrar o NAP e participar das reuniões e atividades. A próxima reunião será no dia 10/9, às 14h30, na sala de atividades do SINJUS-MG.

Conheça a página do NAP no site do SINJUS, clicando aqui.

 

Últimas notícias

ver mais
ORÇAMENTO E FINANÇAS Repartições públicas podem ter que assegurar atendimento em LIBRAS sexta-feira, 21/09/18 12:06 A presença de um intérprete favoreceria pessoas com deficiência auditiva, democratizando o uso da ...
JUDICIÁRIO Conselheiro do CNJ chama TJPR de “cabide de empregos” quinta-feira, 20/09/18 15:35 O Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) foi duramente criticado na primeira sessão do ...
Top