RANKING DO DIEESE

VENCIMENTOS DOS SERVIDORES DO TJMG ESTÃO NA LANTERNA

sexta-feira, 06/07/18 13:01

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) divulgou, nesta semana, o “Ranking de salário dos Tribunais de Justiça nos Estados e Distrito Federal” com vencimentos básicos em 2018. Dos 26 Estados do Brasil mais o Distrito Federal, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) aparece em várias tabelas comparativas nas últimas posições.

Dos vencimentos básicos e gratificações para nível médio, o TJMG aparece na 17ª colocação do ranking com R$ 3.729,70. Tocantins e Distrito Federal ocupam o 1º e 2º lugar com vencimentos de R$ 7.093,75 e R$ 6.862,73, respectivamente. Percebe-se que a diferença entre o salário inicial dos servidores do Tribunal de Justiça do Tocantins e o dos servidores do Judiciário mineiro ultrapassa R$ 3 mil.

No caso dos vencimentos básicos e gratificações para nível superior, os Estados do Tocantins, Distrito Federal e Amazonas ocupam, nessa ordem, os três primeiros lugares com os respectivos valores: R$ 11.876,31, R$ 11.259,81 e R$ 10.724,35. Minas Gerais fica na 22ª colocação, com R$ 5.755,05. Nesta tabela, percebe-se que o salário inicial dos servidores do Tribunal de Justiça do Tocantins é mais que o dobro dos vencimentos do Judiciário mineiro.

O Dieese fez ainda um comparativo mostrando a relação de vencimentos básicos e gratificações por hora de trabalho. Nessa lista, o TJMG aparece na 21ª posição, com R$23,31, para os casos de nível médio, e na 25ª posição, com R$35,97, para nível superior. Observa-se que, mesmo se o servidor do Judiciário mineiro de nível superior trabalhasse o dobro de horas, ele não alcançaria os vencimentos básico/horas de quem trabalha nos tribunais estaduais do Amazonas, Maranhão, Distrito Federal, Alagoas e Tocantins, que ocupam as cinco primeiras colocações na tabela.

Mobilização

É visível que o TJMG ocupa as últimas posições do Ranking do Dieese em várias situações. Os vencimentos cada vez mais defasados causam grandes estragos à prestação jurisdicional, com servidores desmotivados e alta evasão de profissionais para outros órgãos. Por isso, servidor, o salário é um dos eixos da campanha salarial unificada, que começa a ser construída pelo SINJUS-MG, SERJUSMIG E SINDOJUS/MG. Carreira e melhores condições de trabalho são os outros eixos que compõem essa luta.

Os Sindicatos já finalizaram a pauta conjunta de reivindicações que será levada para apreciação das categorias e posteriormente negociada com o TJMG. Saiba mais aqui.

É hora de mobilizar os colegas! Participe da reunião ampliada no dia 14/7/18, em horário e local a serem definidos. Opine e ajude a construir a pauta conjunta que será apreciada em AGE.

Fique ligado no site do SINJUS-MG e acompanhe as convocatórias. Contamos com sua participação!

Notícias relacionadas

PAUTA DE REIVINDICAÇÕES REUNIÃO AMPLIADA E AGE VÃO DEFINIR A CAMPANHA SALARIAL quinta-feira, 05/07/18 17:34 O SINJUS, o SERJUSMIG e o SINDOJUS estão unindo forças mais uma vez com o objetivo de negociar conjuntamente com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) as demandas de interesse comum dos servidores do Judiciário. Por isso, ... leia mais

Últimas notícias

ver mais
ORÇAMENTO E FINANÇAS Repartições públicas podem ter que assegurar atendimento em LIBRAS sexta-feira, 21/09/18 12:06 A presença de um intérprete favoreceria pessoas com deficiência auditiva, democratizando o uso da ...
JUDICIÁRIO Conselheiro do CNJ chama TJPR de “cabide de empregos” quinta-feira, 20/09/18 15:35 O Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) foi duramente criticado na primeira sessão do ...
Top