PARTICIPE!

ESTÁ ABERTA A PESQUISA DO CNJ SOBRE ASSÉDIO MORAL NO JUDICIÁRIO

terça-feira, 23/11/21 19:11 Enquadramento fechado que mostra apenas as mãos de uma pessoa digitando em um teclado de notebook.

Foto: Freepik

As servidoras e os servidores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) já podem participar da pesquisa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que pretende identificar onde e como ocorrem os casos de assédio no Judiciário. As orientações e o acesso ao formulário foram disponibilizados na intranet do TJMG (clique aqui, faça o seu login e seja direcionado). Também podem participar do levantamento os colaboradores terceirizados, estagiários e magistrados. O SINJUS-MG solicita que todos participem da pesquisa, pois será fundamental no mapeamento e no combate à essa prática perversa.

O levantamento é uma iniciativa do Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Assédio Moral, Sexual e da Discriminação no Poder Judiciário do CNJ. Essa é a primeira vez que o questionário é aplicado, mas a previsão é de que essa consulta seja feita periodicamente a partir de agora.

Como resultado, os dados serão transformados em índices de assédio e discriminação, permitindo ao CNJ acompanhar a efetividade das políticas de combate adotadas pelos tribunais brasileiros.

Não deixe de contribuir e fique atento, pois o prazo para responder o atual questionário se encerra já no dia 3 dezembro de 2021.

O QUE CONFIGURA ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO?

O assédio moral não se resume a ameaças, piadas, gritos, insultos e outros tipos de constrangimento. Os abusos também podem estar presentes em situações como:

  • Dar instruções imprecisas para a execução do trabalho;
  • Sobrecarga de tarefas, cobranças de metas excessivas ou com prazos impossíveis de serem cumpridos;
  • Isolar ou ignorar a presença do servidor, dirigindo-se apenas aos demais;
  • Restringir o uso do banheiro;
  • Retirar a autonomia do servidor sem justificativa plausível;
  • Contestar, a todo momento, as decisões do servidor e ignorar suas opiniões;
  • Delegar tarefas impossíveis de serem cumpridas ou inúteis;
  • Vigilância ou cobrança excessiva;
  • Espalhar rumores e criticar a vida particular do servidor;
  • Ignorar os problemas de saúde do servidor ou criticar a falta ao serviço para ir a consultas médicas;
  • Impor condições e regras de trabalho diferenciadas para o servidor.

CANAIS DE DENÚNCIAS

O combate ao assédio moral é uma luta permanente do SINJUS. Em 2007, em parceria com o Serjusmig, foi criada a Comissão de Combate ao Assédio Moral. Desde então, as servidoras e servidores vítimas contam com acolhimento multidisciplinar do qual participam psicólogos, advogados e dirigentes sindicais. Para atendimentos e denúncias, entre em contato pelo (31) 98738-8640

A comissão também promove debates, realiza estudos e teve atuação destacada ao colaborar com a redação da Lei 116/2011, que dispõe sobre a prevenção e punição do assédio moral na administração pública em Minas Gerais.

Outro meio de denúncia é diretamente no Tribunal de Justiça, direcionado à Comissão Paritária de Combate ao Assédio Moral do TJMG, que tem o objetivo de receber e processar queixas, bem como definir ações para diminuir e prevenir o assédio moral no âmbito do Órgão. As denúncias podem ser feitas por meio de um formulário ou pelo e-mail [email protected]

Notícias relacionadas

LIVE #13: ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO REMOTO sexta-feira, 07/05/21 11:43 Confira nossa live que relembrou a luta e as ações do SINJUS no combate ao assédio moral e os instrumentos de que o servidor do Judiciário mineiro dispõe para denunciar. Também vão ser passadas orientações de como identificar situações ... leia mais

Últimas notícias

ver mais
fundo marrom que traz com fotos dos participantes da live que serão descritos na apresentação. Conteúdo textual: Live #39 – Transmissão ao vivo em nosso canal www.youtube.com/SINJUSMG/ Votação da Data-Base no Órgão Especial e desafios na ALMG, com Alexandre Pires (Coordenador-geral do SINJUS) - homem de pele clara, olhos e cabelos castanhos, e Wagner Ferreira (diretor de assuntos Jurídicos do SINJUS-MG) – homem negro, com olhos e cabelos curto. Quarta-feira, 1º de dezembro 2021, 19h. Acessível em Libras. Card fecha com logo do SINJUS-MG. LIVE SINJUS #39 VOTAÇÃO DA DATA-BASE NO ÓRGÃO ESPECIAL E DESAFIOS NA ALMG segunda-feira, 29/11/21 18:38 Na tarde desta quarta-feira, dia 1º de dezembro, o Órgão Especial (OE) do Tribunal ...
APOSENTADORIA ESPECIAL E BPC SINJUS PEDE ACESSO A RELATÓRIO QUE VAI MUDAR AVALIAÇÃO DE DEFICIÊNCIA sexta-feira, 26/11/21 18:00 O Núcleo da Pessoa com Deficiência (NPD) do SINJUS-MG, com base na Lei de ...
Governador de Minas Gerais, Romeu Zema (homem de pele clara, cabelos grisalhos curtos e usando óculos preto e camisa cinza) em pé, durante pronunciamento em um púlpito e segurando uma folha com o seu texto de discurso. IMPASSE NA ALMG ZEMA DIZ QUE NÃO VAI RETIRAR URGÊNCIA DO PL DE ADESÃO AO RRF quinta-feira, 25/11/21 16:18 Foto: Isac Nóbrega/PR O governador Romeu Zema (Novo) disse nesta quarta-feira (24) a O ...

Convênios

ver mais
Deixe Aqui Self Storage Locação/aluguel Carlos Prates . BH (31) 99967-3202 / (31) 98377-2636. 10% ver mais
Sorte Minas Loterias – Crédito e financiamentos Financiamento e Crédito Centro . BH (31) 99977-1374 / (31) 98348-9612. Taxa de 0,99% a.m. ver mais
Dentista Maurício de Miranda Carvalho Odontologia Funcionários . BH (31) 99996-0313 25% ver mais
Crossfat Centro de Emagrecimento Academias Lourdes, Santa Efigênia e Buritis . BH (31) 98446-0779, (31) 99389-1718 e (31) 99396-1617 https://crossfat.com.br/ 30% ver mais
Clube Labareda Clubes Itapoã . BH (31) 3499-1313 https://atletico.com.br/paginas/labareda-clube 75% na Taxa de Adesão ver mais
Top Fale conosco