AVANÇO

Em retomada da mesa de negociações, TJ anuncia classificação final da PV 2020

terça-feira, 26/07/22 19:04 Grupo de dirigentes sindicais reunidos com representantes do novo corpo diretor do TJMG em mesa de negociação. Entre os dirigentes sindicais está Felipe Rodrigues, diretor de finanças do SINJUS-MG, ele é um homem branco, usa barba, cabelos curtos e castanhos, vestido socialmente com terno azul marinho,

FOTO: SERJUSMIG

A mesa permanente de negociação entre o Tribunal de Justiça de Minas (TJMG) e os sindicatos dos trabalhadores da Justiça mineira voltou a se reunir nesta terça (26), já sob a gestão do novo presidente, o desembargador José Arthur Filho. 

Participaram desta tratativa os vice-presidentes do SERJUSMIG, Rui Viana e Felipe Galego, o diretor geral do SINDOJUS, Eduardo Rocha, e o diretor de finanças do SINJUS, Felipe Rodrigues. O Tribunal foi representado pelo juiz auxiliar da Presidência Thiago Colnago Cabral, o secretário de governança e gestão estratégica Guilherme Augusto Mendes do Valle e o assessor especial da Presidência Renato Cardoso Soares.

No encontro, foi anunciada a publicação, no DJe desta terça (26), da classificação final da Promoção Vertical (PV) 2020, com o aditivo das vagas, decorrente do acréscimo de R$ 5 milhões ao apontamento de vagas, conquistado no último mês. 

Os sindicatos cobraram a homologação do processo classificatório da PV 2020, que já deveria ter ocorrido no dia 30 de junho, de acordo com cronograma fornecido pelo TJMG. 

Outras pautas 

Além da carreira, o SERJUSMIG, SINJUS e SINDOJUS reafirmaram outras pautas comuns e prioritárias, de interesse de toda a categoria dos servidores do Poder Judiciário de Minas Gerais. 

  • Data-base 2022: reposição das perdas salariais do último período, que venceu no dia 1º de maio, e agilidade na tramitação do projeto da data-base 2022. Em ofício conjunto protocolado em junho, os sindicatos haviam solicitado reposição de 12,13%, referente à perda dos 12 meses anteriores. Trata-se da maior perda acumulada em um ano nas últimas duas décadas. O juiz Thiago Colnago afirmou que a direção do Tribunal está comprometida com o atendimento dessa pauta.
  • Auxílios-saúde e transporte: empenho do Tribunal junto ao Legislativo para alterar o artigo 4º da Lei Estadual nº 23.173/2018. Essa norma impede que o Tribunal reajuste os auxílios dos servidores com percentuais acima da inflação, por meio de regulamentação interna. É fundamental alterar o artigo, resgatando a autonomia administrativa e financeira do Poder Judiciário. Em ofício conjunto do mês de fevereiro, os três sindicatos já haviam apresentado esse pedido. 

LEIA AQUI O OFÍCIO CONJUNTO 03/2022

 Remoções: publicação de um novo edital. O último (Edital 01/2022) foi publicado em fevereiro. Além disso, o SERJUSMIG, SINJUS e SINDOJUS reivindicaram uma periodicidade de três meses nos editais de remoção para conferir previsibilidade ao processo, dando segurança aos servidores que pretendem mudar de comarca.

  • Contagem de tempo: devolução da contagem para fins de quinquênio, férias-prêmio e outros direitos, congelados pela Lei Complementar 173, referente ao período de 28 de maio de 2020 a 31 de dezembro de 2021. Durante o estado de calamidade decorrente da pandemia, os servidores da Justiça continuaram trabalhando e garantindo a prestação do serviço jurisdicional aos cidadãos. Não se justifica, pois, a suspensão da contagem de tempo. O tema foi pautado em outras ocasiões pelos sindicatos, em ofícios e reuniões. 
  • Pagamento das férias suspensas: o Tribunal costuma pagar as férias suspensas no fim do ano. Sindicatos solicitaram que esse pagamento seja adiantado.
  • Indenização das férias-prêmio: que seja regulamentada a questão, viabilizando a indenização aos servidores em isonomia ao que já se pratica para a magistratura.
  • Teletrabalho: que seja alterada a regulamentação do teletrabalho para permitir a realização do exame periódico por telemedicina, evitando que servidores que residem em locais distantes do Tribunal tenham de se deslocar para este fim. 
  • Concurso: que seja publicado edital de concurso público para reposição do quadro de vagas do cargo de oficial judiciário especialidade oficial judiciário. O último concurso para este cargo já expirou e é necessário recompor a defasagem do quadro.

Ademais, o SERJUSMIG, SINDOJUS e SINJUS avaliam como positiva a retomada da mesa de negociações. A direção do Tribunal deve enviar, nos próximos dias, uma proposta de cronograma de reuniões mensais, mantendo a prática do último período. 

Notícias relacionadas

Vista noturna da sede do TJMG na Avenida Afonso Pena, há um efeito das luzes dos carros em movimento, formando linhas que seguem o contorno da avenida. Conteúdo textual: MESA DE NEGOCIAÇÃO - Sindicatos solicitam reunião com novo presidente do TJ.
MESA DE NEGOCIAÇÃO SINDICATOS SOLICITAM REUNIÃO COM NOVO PRESIDENTE DO TJ quarta-feira, 20/07/22 11:58 FOTO: Robert Leal / TJMG O SINJUS-MG, SERJUSMIG e SINDOJUS-MG encaminharam, na segunda-feira, 18 de julho, um ofício conjunto ao novo presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador José Arthur Filho, solicitando agendamento de reunião para tratar ... leia mais

Últimas notícias

ver mais
Grupo de manifestantes da 'Frente de Sindicatos do Funcionalismo contra o RRF' estão em frente à Cidade Administrativa, sede do Governo de MG. Eles estão com faixas de protesto contra o Regime de Recuperação Fiscal. Neste grupo estão dirigentes sindicais do SINJUS- MG, Alexandre Pires (coordenador-geral) e Felipe Rodrigues (diretor de finanças). #NAOAORRF ATO CONTRA RRF REÚNE CENTENAS DE SERVIDORES NA CIDADE ADMINISTRATIVA sexta-feira, 05/08/22 18:03 Entidades que representam servidores públicos de várias categorias se reuniram nesta sexta-feira, 5 de ...
Ilustração digital de uma mulher sentada com um laptop sobre um calendário gigante, ela observa o horizonte por meio de uma luneta, como se estivesse planejando algo para uma data no futuro. Ao lado desta imagem, há uma nota de dinheiro e uma pilha de moedas, sugerindo uma reserva financeira para o plano que a mulher pretende realizar. INFORMAÇÃO TJ PAGA INDENIZAÇÃO DE FÉRIAS NO DIA 12/8; ENTENDA sexta-feira, 05/08/22 16:45 FOTO: NAKI-SAMA/FREEPIK O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador José ...
Diante de um cenário infernal há uma parede em ruínas com a bandeira de Minas Gerais, ela está sendo destruída por uma bola de demolição onde se lê RRF (Regime de Recuperação Fiscal). Do lado esquerdo, há um sinal de proibição, dentro dele há um símbolo de uma lupa sobre um papel com um cifrão, que representa a fiscalização de finanças. #DIGANAOAORRF RRF IMPEDE QUE MINAS CONTESTE VALORES OU FAÇA AUDITORIA DE DÍVIDAS quinta-feira, 04/08/22 17:42 Um dos grandes interesses do governo federal por trás do Regime de Recuperação Fiscal ...
Top Fale conosco