IGUALDADE

RACISMO NÃO É OPINIÃO, É CRIME! DENUNCIE!

sexta-feira, 13/05/22 17:15 Foto em preto e branco de uma manifestação no qual mulheres e homens negros protestam contra o racismo. No centro da imagem está uma mulher negra, de máscara facial, segurando um cartaz com o desenho de um punho erguido.

Durante a construção histórica das sociedades, os segmentos dominantes sempre tentam impor narrativas ou então se aproveitar dos momentos de transição para se colocarem como responsáveis pela mudança. Isso aconteceu com a abolição da escravatura no Brasil. Em 13 de maio de 1888, a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, concedendo a “liberdade” aos negros escravizados. Entretanto, esse “ato de benevolência” na verdade era algo inevitável, visto que o Brasil era o último país ocidental que ainda permitia a escravidão.

Esse estelionato histórico é confirmado com a realidade pós-Lei Áurea, quando nenhuma medida de proteção ou inserção dos negros na sociedade foi adotada. Pelo contrário, a partir da Lei Áurea ocorreu a implantação de uma política de “branqueamento” da população por meio da imigração europeia.

Assim, a sociedade brasileira negou aos negros o acesso ao emprego e, por consequência, os “ex-escravos” foram marginalizados e praticamente expulsos dos centros urbanos, sendo condenados a viverem em quilombos precários.

Até bem pouco tempo, o dia 13 de maio ainda era comemorado no Brasil sob a falácia histórica de que a assinatura da Lei Áurea teria sido um grande ato para a população negra. Felizmente, esse entendimento vem mudando e cada vez mais há uma conscientização maior acerca dessa ferida aberta em nossa sociedade.

Parte dessa guinada é decorrente da atuação do professor e pesquisador Oliveira Silveira, membro do Grupo Palmares, que, em 1971, propôs que a data de 13 de maio passasse a ser o Dia Nacional da Denúncia contra o Racismo.

É certo que, mesmo após esse movimento de Oliveira Silveira, escolas, órgãos governamentais, entidades civis e privadas seguiram por décadas comemorando o “Dia da Abolição da Escravatura”, mas, mais recentemente, movimentos sociais reacenderam o debate e o Dia Nacional da Denúncia contra o Racismo tem se solidificado no calendário.

O SINJUS-MG está nessa empreitada! Precisamos romper com as amarras que apenas promovem segregação e discriminação. Todos nós devemos nos engajar na luta contra o racismo e denunciar pelo Disque 100 ou chamar a Polícia Militar no 190 sempre que sofrer ou presenciar um episódio racista. Não se cale!

Racismo não é opinião, é crime!

Discurso racista não é liberdade de expressão, é crime!

 

Últimas notícias

ver mais
Imagem título: Deputados estaduais mineiros que votaram a favor da Reforma da Previdência. Lembre-se deles #3. Em seguida estão fotos dos seguintes parlamentares por ordem alfabética: Alencar da Silveira Jr. (PDT), Antonio Carlos Arantes (PSDB), Arlen Santiago (PTB), Bartô (Novo), Betinho Pinto Coelho (Solidariedade), Bosco (Avante), Braulio Braz (PTB), Bruno Engler (PRTB), Carlos Henrique (Republicanos), Carlos Pimenta (PDT), Celise Laviola (MDB), Charles Santos (Republicanos), Coronel Henrique (PSL), Coronel Sandro (PSL), Cássio Soares (PSD), Dalmo Ribeiro Silva (PSDB), Delegada Sheila (PSL), Delegado Heli Grilo (PSL), Doorgal Andrada (Patriota), Doutor Paulo (Patriota), Doutor Wilson Batista (PSD), Duarte Bechir (PSD), Fábio Avelar de Oliveira (Avante), Gil Pereira (PSD), Glaycon Franco (PV), Guilherme da Cunha (Novo), Gustavo Mitre (PSC), Gustavo Santana (PL), Gustavo Valadares (PSDB), Hely Tarquínio (PV), Inácio Franco (PV), Ione Pinheiro (DEM), João Magalhães (MDB), João Vítor Xavier (Cidadania), Laura Serrano (Novo), Leandro Genaro (PSD), Leonídio Bouças (MDB), Léo Portela (PL), Mário Henrique Caixa (PV), Neilando Pimenta (Podemos), Noraldino Júnior (PSC), Professor Irineu (PSL), Professor Wendel Mesquita (Solidariedade), Raul Belém (PSC), Repórter Rafael Martins (PSD), Roberto Andrade (Avante), Rosângela Reis (Podemos), Sargento Rodrigues (PTB), Sávio Souza Cruz (MDB), Tadeu Martins Leite (MDB), Tito Torres (PSDB), Zé Guilherme (PP), Zé Reis (Podemos). “SE VOTOU, NÃO VOLTA” NÃO SE ESQUEÇA DE QUEM PREJUDICOU SUA APOSENTADORIA sexta-feira, 23/09/22 18:23 Há exatos dois anos, o então governador de Minas, Romeu Zema (NOVO), retirava direitos ...
dirigentes e profissionais de comunicação de sindicatos filiados à Fenajud (homens e mulheres) posam para foto. FENAJUD ENCONTRO DE COMUNICAÇÃO DEBATE FERRAMENTAS PARA ATUAÇÃO SINDICAL sexta-feira, 23/09/22 17:26 Foto: fenajud No último dia 16 de setembro, a Federação Nacional dos Trabalhadores do ...
Representação de redes sociais e aplicativos interconectados, abaixo desta imagem há o texto "Conversa com o candidato". Em destaque está a foto do candidato Carlos Viana, um homem branco com cabelos curtos e grisalhos. Conteúdo textual: AO VIVO - “Conversa com o Candidato” recebe Carlos Viana na 2ªf., 26/9, às 10h. AO VIVO “CONVERSA COM O CANDIDATO” RECEBE CARLOS VIANA NA 2ªF., 26/9, ÀS 9H sexta-feira, 23/09/22 12:43 O candidato ao governo de Minas Gerais pelo Partido Liberal (PL), Carlos Viana, é ...
Top Fale conosco