PRECARIEDADE

SERVIDORES DA UNIDADE MILTON CAMPOS PODERÃO FAZER TELETRABALHO ATÉ SOLUÇÃO DEFINITIVA

quinta-feira, 30/11/23 16:01 Foto diurna da fachada lateral do edifício situado à Praça Milton Campos, feita de baixo para cima.

Os servidores que atuam no 6º andar do prédio da Praça Milton Campos, n. 16, poderão exercer o teletrabalho até que os problemas na unidade sejam resolvidos. A decisão da Presidência e da 1ª Vice-Presidência do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) foi anunciada no início da tarde desta quarta-feira, 29 de novembro, após o SINJUS-MG cobrar providências durante a reunião mensal da Mesa de Negociações. O Sindicato já tinha encaminhado mais de um ofício ao Tribunal cobrando essa medida, além de outras soluções para as condições insalubres no prédio.

“Desde que os servidores foram realocados para a unidade da Praça Milton Campos, o SINJUS passou a receber denúncias, diariamente, sobre as más condições do prédio. Visitamos o local e percebemos que era necessário intervir”, afirma o coordenador-geral do Sindicato, Alexandre Pires. 

Entre os problemas listados estão desde a falta de circulação adequada em algumas salas; questões estruturais como falta de assentos e tampas nos banheiros; falhas no alarme dos elevadores e até a presença de aves no forro do 6º andar, trazendo risco à saúde. 

Por ora, somente os servidores que trabalham no 6º andar estão com teletrabalho integral autorizado, pois é onde o serviço de dedetização está ocorrendo. Caso haja a necessidade de realizar o procedimento em outros andares, o Tribunal informou que a possibilidade de teletrabalho também será garantida aos servidores impactados.

Outra queixa frequente é sobre a insegurança no entorno da unidade. O vereador da capital, Wagner Ferreira, que também é diretor de Formação e Política Sindical do SINJUS, inclusive solicitou à Prefeitura de Belo Horizonte que a Guarda Municipal reforce o policiamento nos arredores da unidade. Após a reunião da Mesa de Negociações, o TJ também informou que já solicitou à Polícia Militar que reforce a segurança no entorno. 

Segundo o comunicado disponibilizado pelo TJ nesta tarde, os servidores dos locais afetados só voltarão para o regime presencial de trabalho após dedetização e conclusão da reforma do teto, assim como troca das placas e limpeza do local. A conclusão dos serviços está prevista para o dia 4 de dezembro. Na sequência, será avaliada a necessidade de dedetização dos 7º e 8º andares. 

O SINJUS também recebeu nesta quarta um ofício da Diretoria Executiva de Engenharia e Gestão Predial (DENGEP) e da Coordenação de Gestão Predial (COGEP) do TJ, informando algumas medidas. Sobre os pombos encontrados no entreforro do prédio, o Órgão afirmou que retirou os animais vivos e mortos do local e que realizou limpeza superficial sobre o forro, a fim de reduzir os possíveis riscos aos usuários e permitir a continuidade dos serviços jurisdicionais ali prestados.

A limpeza do ambiente, a troca das placas de forro contaminadas e a dedetização de todo o pavimento serão realizadas nesta semana. Sobre o problema dos elevadores, a COGEP solicitou o relatório das manutenções realizadas, bem como a programação das manutenções periódicas a serem executadas. A instalação dos acessórios nos sanitários será providenciada. 

Em relação à caixa d’água, a COGEP informou que notificou a Oi para correção dos vazamentos, sendo que alguns foram resolvidos com a limpeza das caixas de passagem. a COGEP também solicitou o relatório de limpeza das caixas d’água para verificar a qualidade. 

O SINJUS também aguarda retorno do TJ sobre o requerimento para que seja realizada uma vistoria conjunta dos representantes do Sindicato e da Presidência do Tribunal para avaliação dos demais problemas no prédio. A entidade vai continuar acompanhando essa pauta até que os servidores estejam trabalhando em um ambiente seguro e adequado. 

DENÚNCIAS

Se você tem conhecimento de alguma situação irregular no seu setor, denuncie! Basta enviar mensagem para o e-mail [email protected]. Sua identidade será preservada.

SINDICATO É PRA LUTAR!

Atualizado em 30/11/2023 às 16h40

Últimas notícias

ver mais
No primeiro plano há um gráfico com duas setas, uma ascendente na cor verde marcada como Produtividade e outra descendente na cor vermelho onde está escrito valorização. No segundo plano há a imagem do edifício sede do tribunal de Justiça de Minas Gerais. DESVALORIZAÇÃO TJMG SUPERA METAS DE PRODUTIVIDADE, MAS NEGLIGENCIA DIREITOS DOS SERVIDORES quinta-feira, 22/02/24 17:56 Na última terça-feira, dia 20 de fevereiro, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais ...
Registro de uma sessão no plenário do Supremo Tribunal Federal, com os ministros vestidos com togas pretas sentados em uma mesa, o ambiente aparenta muita formalidade. Sobre essa imagem há um selo preto grande que simula um adesivo, nele há a mensagem "Não ao RRF!". NÃO AO RRF! STF CONFIRMA AMPLIAÇÃO DO PRAZO DE SUSPENSÃO DA DÍVIDA DE MG, E SINDICATOS COBRAM ACORDO quarta-feira, 21/02/24 17:49 Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) referendou nessa terça-feira, dia ...
montagem mostra uma mulher negra de costas, vestida com uma blusa branca, ela tem um laptop à sua frente e está com as mãos sobre o teclado, as unhas dela estão pintadas com esmalte vermelho. Na tela do computador, há uma tela onde há quatro pessoas, participantes de uma live do Sindicato SINTAJ-PB, em um dos quadros está o coordenador-geral do SINJUS-MG, Alexandre Pires, um homem branco, de cabelos bem curtos e barba bem curta. Conteúdo textual: Isonomia - Alexandre Pires defende Auxílio-Saúde digno para servidores do Judiciário em live do SINTAJ-PB. ISONOMIA ALEXANDRE PIRES DEFENDE AUXÍLIO-SAÚDE DIGNO PARA SERVIDORES DO JUDICIÁRIO EM LIVE DO SINTAJ-PB quarta-feira, 21/02/24 15:06 FOTO: DC Studio / Freepik Nessa segunda-feira, dia 19 de fevereiro, o coordenador-geral do ...

Convênios

ver mais
Espaço GS Pilates Fisioterapia Coração de Jesus . Belo Horizonte (31) 98284-0699 15% ver mais
Fábio Augusto Provinciali Terapias integrativas Funcionários . BH (31) 99261-4235 10% ver mais
DROGA RAIA Convênios . Belo Horizonte, RMBH, Rio de Janeiro, São Paulo, sul do Brasil. www.drogaraia.com.br 17% a 44% ver mais
DROGASIL Convênios . Minas Gerais, São Paulo, Nordeste, Centro-Oeste e Norte do Brasil www.drogasil.com.br 17% a 44% ver mais
Top Fale conosco