RISCO À SAÚDE

SINJUS REQUER TELETRABALHO E MELHORIAS NA UNIDADE DA PRAÇA MILTON CAMPOS EM CARÁTER DE URGÊNCIA

segunda-feira, 27/11/23 18:57 Foto diurna da fachada do edifício do TJMG situado à Praça Milton Campos. Sobre a foto,foram aplicadas faixas, em amarelo e preto, com a palavra "insalubridade", indicando o estado do local.

A luta por condições dignas de trabalho não para. Após novas denúncias sobre a insalubridade do prédio na Praça Milton Campos, n. 16, o SINJUS-MG acionou novamente o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) por meio do Ofício 62/2023, solicitando a adoção do teletrabalho e a implementação imediata de medidas para corrigir problemas no ambiente e garantir a segurança dos servidores. Os desafios enfrentados pelos servidores lotados no prédio da Praça Milton Campos são diversos e preocupantes e vão desde problemas na infraestrutura, passando também por insegurança nas proximidades do edifício.

Na semana passada, o SINJUS-MG recebeu denúncias dos servidores sobre a presença de aves no forro do 6º andar, compartilhando espaço com os sistemas de ar-condicionado. A situação traz grande preocupação pela presença de animais vivos, mortos e uma quantidade significativa de fezes, que representam sério risco à saúde dos servidores e podem causar a transmissão de doenças infecciosas.

Outro problema é a falta de assentos e tampas nos banheiros, gerando desconforto e colocando em risco a saúde de todos que os utilizam. Os elevadores também apresentam falhas com frequência, prejudicando a rotina dos servidores.

“Outra situação frequente é o disparo do alarme de incêndio no prédio, provocado por uma falha no dispositivo. Isso faz com que os servidores tenham que largar seus postos de trabalho, imediatamente, inclusive os com mobilidade reduzida”, aponta o coordenador-geral do SINJUS, Alexandre Pires.

As questões denunciadas evidenciam a necessidade urgente de intervenção para garantir um ambiente adequado e seguro de trabalho para os servidores. Por isso, o Ofício 62/2023 solicita realização de limpeza, dedetização, instalação de assentos e tampos nos sanitários, manutenção dos elevadores, bem como a concessão do regime de teletrabalho integral aos servidores que atuam na unidade Milton Campos, até que a situação de insalubridade seja completamente corrigida.

O documento também requer a apresentação do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros após as devidas obras de adequação e acesso amplo à documentação técnica pertinente, além da livre entrada do Sindicato no prédio para verificar as ações corretivas e as condições gerais da construção.

“O Sindicato já entrou em contato com a Assessoria da Presidência do TJ, pedindo uma reunião urgente para discutir especificamente esse prédio. O assunto também será tratado na Mesa de Negociações com o Tribunal na próxima quarta-feira”, afirmou o diretor de Assuntos Jurídicos do SINJUS, Felipe Rodrigues.

Outra solicitação é que o Tribunal responda ao Ofício 60/2023, que solicita reforço no policiamento nos arredores do edifício.  A situação foi exposta no início de novembro e tem trazido medo para os servidores que saem do trabalho no período da noite e precisam transitar pelo local escuro e pouco movimentado. Da mesma forma, o SINJUS também pede que o TJMG responda ao Ofício 61/2023 que pede a implementação de teletrabalho como alternativa para todos os servidores expostos a ambientes de trabalho inadequado, medida que visa proporcionar bem-estar para os servidores e garantir que as obras de adequação sejam concluídas com celeridade. Clique e saiba mais.

DENÚNCIAS

O compromisso do SINJUS com a segurança dos servidores continua firme, sempre atento às condições de trabalho. Se houver qualquer irregularidade ou problema em seu ambiente de trabalho, denuncie! Basta enviar um e-mail para [email protected]. Sua identidade será preservada.

 SINDICATO É PRA LUTAR

Notícias relacionadas

Foto diurna da fachada lateral do edifício situado à Praça Milton Campos, feita de baixo para cima. Sobre ela, é aplicada a figura de uma placa de atenção indicando alerta.
INSEGURANÇA SINJUS SOLICITA AO TJMG POLICIAMENTO NA PRAÇA MILTON CAMPOS sexta-feira, 17/11/23 18:06 A unidade do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) localizada na Praça Milton Campos, n. 16, bairro Cruzeiro, em Belo Horizonte, foi alvo de novas denúncias por parte dos servidores. Desta vez, os relatos destacam a insegurança e ... leia mais
PRECARIEDADE  SINJUS VISTORIA PRÉDIO DA PRAÇA MILTON CAMPOS, ACOLHE DEMANDAS DOS SERVIDORES E OFICIA TJ quinta-feira, 19/10/23 16:25 O deslocamento de unidades do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) para o prédio situado à Praça Milton Campos, n. 16, bairro Cruzeiro, em Belo Horizonte, segue com novos desdobramentos. Nesta segunda-feira, 16 de outubro, o SINJUS-MG protocolou ... leia mais

Últimas notícias

ver mais
No primeiro plano há um gráfico com duas setas, uma ascendente na cor verde marcada como Produtividade e outra descendente na cor vermelho onde está escrito valorização. No segundo plano há a imagem do edifício sede do tribunal de Justiça de Minas Gerais. DESVALORIZAÇÃO TJMG SUPERA METAS DE PRODUTIVIDADE, MAS NEGLIGENCIA DIREITOS DOS SERVIDORES quinta-feira, 22/02/24 17:56 Na última terça-feira, dia 20 de fevereiro, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais ...
Registro de uma sessão no plenário do Supremo Tribunal Federal, com os ministros vestidos com togas pretas sentados em uma mesa, o ambiente aparenta muita formalidade. Sobre essa imagem há um selo preto grande que simula um adesivo, nele há a mensagem "Não ao RRF!". NÃO AO RRF! STF CONFIRMA AMPLIAÇÃO DO PRAZO DE SUSPENSÃO DA DÍVIDA DE MG, E SINDICATOS COBRAM ACORDO quarta-feira, 21/02/24 17:49 Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) referendou nessa terça-feira, dia ...
montagem mostra uma mulher negra de costas, vestida com uma blusa branca, ela tem um laptop à sua frente e está com as mãos sobre o teclado, as unhas dela estão pintadas com esmalte vermelho. Na tela do computador, há uma tela onde há quatro pessoas, participantes de uma live do Sindicato SINTAJ-PB, em um dos quadros está o coordenador-geral do SINJUS-MG, Alexandre Pires, um homem branco, de cabelos bem curtos e barba bem curta. Conteúdo textual: Isonomia - Alexandre Pires defende Auxílio-Saúde digno para servidores do Judiciário em live do SINTAJ-PB. ISONOMIA ALEXANDRE PIRES DEFENDE AUXÍLIO-SAÚDE DIGNO PARA SERVIDORES DO JUDICIÁRIO EM LIVE DO SINTAJ-PB quarta-feira, 21/02/24 15:06 FOTO: DC Studio / Freepik Nessa segunda-feira, dia 19 de fevereiro, o coordenador-geral do ...

Convênios

ver mais
Espaço GS Pilates Fisioterapia Coração de Jesus . Belo Horizonte (31) 98284-0699 15% ver mais
Fábio Augusto Provinciali Terapias integrativas Funcionários . BH (31) 99261-4235 10% ver mais
DROGA RAIA Convênios . Belo Horizonte, RMBH, Rio de Janeiro, São Paulo, sul do Brasil. www.drogaraia.com.br 17% a 44% ver mais
DROGASIL Convênios . Minas Gerais, São Paulo, Nordeste, Centro-Oeste e Norte do Brasil www.drogasil.com.br 17% a 44% ver mais
Top Fale conosco