REFORMA ADMINISTRATIVA

ENTIDADES MINEIRAS PUBLICAM MANIFESTO CONTRA A PEC 32

quinta-feira, 15/10/20 16:11

Mobilizados e articulados na luta contra a Reforma Administrativa, dezenas de sindicatos e entidades de classe de Minas Gerais publicaram um manifesto repudiando a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020, do governo Jair Bolsonaro, que tem como objetivo a “Destruição do Serviço Público e dos direitos dos Servidores”. O documento foi coordenado pela Frente Mineira em Defesa do Serviço Público, movimento do qual o SINJUS-MG faz parte. Confira abaixo a íntegra do manifesto.

A FRENTE MINEIRA EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO, coletivo de Entidades que representam trabalhadores do serviço público e da iniciativa privada, Centrais Sindicais e Movimentos Sociais vem a público MANIFESTAR o mais veemente repudio à PEC 32/2020 – Reforma Administrativa, elaborada pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes.

Essa é mais uma Reforma que vem para DEFORMAR o Estado Brasileiro, retirando da Sociedade, especialmente dos cidadãos que mais precisam, o direito a serviços de qualidade, prestados por servidores concursados, que agem com total transparência, e atende a todos igualmente e sem preferências, no estrito cumprimento da Lei.

A FRENTE MINEIRA REPUDIA essa proposta que, entre um de seus vários absurdos, prevê o fim da estabilidade e do concurso público, permitindo o clientelismo, onde o Público se mistura com o Privado e o governante de plantão passa a dispor dos cargos para seus cabos eleitorais, correligionários e apadrinhados.

A FRENTE MINEIRA REPUDIA também o tal “princípio da subsidiariedade” da Administração Pública, uma forma de privatizar e terceirizar todos os serviços públicos, entregando à iniciativa privada o patrimônio público da sociedade brasileira.

A FRENTE MINEIRA ALERTA – A PEC 32 é a porta aberta para a prática das “rachadinhas” e a corrupção, por isso enfrentar e combater essa proposta é dever de todos que desejam e precisam de uma Administração Pública honesta, transparente e competente.

Fique atento e não se deixe enganar! A PEC 32/2020 propõe: acabar com o regime jurídico único e com a estabilidade para todos os cargos que não sejam considerados típicos de Estado; diminuir a presença do Estado no fornecimento de bens, e na prestação de serviços e programas sociais; reduzir o número de servidores; aumentar a contratação de trabalhadores temporários, acabar com a previsão de que os cargos e funções de confiança sejam exercidos por servidores de carreiras, os cargos de confiança serão substituídos por cargos de Liderança e Assessoramento; reduzir salários iniciais dos que ingressarem após reforma; por mero decreto as atribuições dos servidores podem ser alteradas e também por decreto o presidente pode extinguir ou criar órgãos públicos como o Banco Central, Ibama, CVM, Universidades Federais dentre ouros órgãos.

FRENTE MINEIRA EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO

O Servidor é ponte entre o cidadão e seus direitos

Assim como foi com a Emenda Constitucional 95, a Reforma Trabalhista, a Reforma da Previdência, agora também a “Nova Reforma Administrativa”, o governo apresenta um cenário de caos, ou seja, para estimular a ideia de que, se não aprovar essa Reforma, o país será destruído.

Hoje, constatamos que a Reforma Trabalhista não gerou os milhares de empregos que prometeu, ao contrário, precarizou e fragilizou os já existentes. De igual forma, a Reforma da Previdência, ao contrário do alardeado, não melhorou a situação financeira do país, porque não é na Previdência Social Pública que está o problema, mas sim na má gestão dos recursos e na política de privilegiar a pequena camada da sociedade que detém as grandes fortunas.

Quem decide? Deputados Federais e Senadores vão analisar e decidir. Portanto, pressione para que votem contra a PEC 32/2020 – Reforma Administrativa!

Notícias relacionadas

REFORMA ADMINISTRATIVA FENAJUD REÚNE SINDICATOS E DEBATE DEFESA DA CATEGORIA sexta-feira, 09/10/20 15:11 A Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados (Fenajud) tem feito uma verdadeira maratona de trabalho em defesa do serviço público no País. Nos últimos meses, foram realizadas inúmeras reuniões on-line, com entidades parcerias ou sindicatos filiados, com ... leia mais
PEC 32 DEPUTADOS QUEREM INCLUIR ATUAIS SERVIDORES NA REFORMA quinta-feira, 08/10/20 18:17 A Frente Parlamentar da Reforma Administrativa defende a inclusão dos atuais servidores e membros de Poder, como magistrados, promotores e procuradores do Ministério Público, na reforma administrativa. Na proposta enviada ao Congresso em setembro, que mexe com a forma ... leia mais

Convênios

ver mais
Top