ITATIAIA

SINJUS QUESTIONA CASOS DE COVID NO TJMG

sexta-feira, 07/08/20 13:13

O SINJUS-MG tem acompanhado de perto a retomada das atividades no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e o cumprimento das medidas de segurança e proteção à saúde das trabalhadoras e dos trabalhadores nas unidades. Por isso, diante da matéria divulgada nesta sexta-feira, dia 7 de agosto, pela Rádio Itatiaia, de que 148 servidores do TJMG teriam testado positivo para o novo coronavírus (Covid-19) e uma morte já teria sido registrada, o SINJUS voltou a cobrar explicações.

O Sindicato protocolou o Ofício n.º 96/2020 solicitando informações sobre o levantamento, a publicidade do documento para ciência de todos e que sejam tomadas medidas imediatas de prevenção, nos termos da Portaria Conjunta 1.025, considerando que já iniciou nesta semana o retorno gradual do trabalho presencial.

A rádio também informa que, dentre os 19 mil servidores, 238 foram monitorados — 110 são vigiados, atualmente. Desses, 79 eram do sexo masculino e 159 do feminino. No recorte por cargos, foram quatro magistrados, 191 servidores, 19 estagiários e 22 terceirizados. O levantamento aponta que, dos monitorados, 20 eram do grupo de risco, 71 tiveram licença médica e seis chegaram a ser internados.

O SINJUS já havia solicitado que o TJMG passasse a verificar a temperatura de servidores, colaboradores, terceirizados e todo o púbico externo que está acessando as dependências do Tribunal. No entanto, a entidade recebeu denúncias de que a medida ainda não foi adotada e, por isso, voltou a cobrar sua aplicação, conforme determina a Portaria Conjunta 1.025, art. 10, §1º, do próprio Tribunal, bem como a Resolução 322, art. 5º, III, do Conselho Nacional de Justiça.

A solicitação foi feita novamente ao superintendente administrativo do TJMG, desembargador José Arthur de Carvalho Pereira Filho, e, nesta sexta-feira, 7 de agosto, por meio de contato telefônico do coordenador-geral do Sindicato, Alexandre Pires, com o secretário especial da Presidência do TJMG, Renato Cardoso Soares. Ela também foi formalizada por ofício na parte da tarde. No documento, a entidade alega que o controle de temperatura é uma medida importante de segurança no trabalho e de prevenção à disseminação do novo coronavírus, já que a febre é um sintoma muito presente em pessoas infectadas. Segundo informações obtidas pelo SINJUS, os termômetros já foram comprados pelo TJ e já estão disponíveis para uso.

Denúncias

Você já sabe, mas não custa lembrar. Se você tem conhecimento de alguma situação irregular em relação às condições e à estrutura de trabalho dos servidores durante este período, denuncie! Basta enviar mensagem para o e-mail [email protected] com o assunto “QUARENTENA COM SINJUS”. Sua identidade será preservada.

SINDICATO É PARA LUTAR!

Notícias relacionadas

RETOMADA NO TJ SINJUS REQUER INFORMAÇÃO SOBRE PEDIDOS DE HOME OFFICE terça-feira, 28/07/20 15:44 A retomada gradual das atividades no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) para os usuários internos está prevista para a próxima semana, dia 3 de agosto, conforme a Portaria n.º 1.025/2020. O SINJUS-MG continua demonstrando sua preocupação com ... leia mais
RETORNO DAS ATIVIDADES SINJUS PEDE AO TJ ACESSO AO GRUPO DE TRABALHO DA COVID quarta-feira, 08/07/20 15:30 Nesta semana, o SINJUS-MG enviou ofícios ao presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, desembargador Gilson Lemes, e ao superintendente adjunto administrativo, desembargador José Arthur Filho, requerendo o acesso do Sindicato ao grupo de trabalho do Tribunal que ... leia mais
PLANTÃO EXTRAORDINÁRIO SINJUS REQUER QUE TJ REALIZE TESTES DE COVID-19 segunda-feira, 25/05/20 14:18 O SINJUS-MG encaminhou um ofício à Presidência do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) na quinta-feira, 21 de maio, requerendo que o Tribunal faça testes para Covid-19 em servidores, colaboradores e terceirizados que estiverem trabalhando presencialmente durante o ... leia mais

Convênios

ver mais
Top