ALIADO DO GOVERNO

RELATOR É FAVORÁVEL À REFORMA ADMINISTRATIVA FEDERAL

terça-feira, 16/03/21 18:46

O deputado Darci de Matos (PSD-SC) mal assumiu a relatoria da Reforma Administrativa, que visa acabar com o serviço público no país, e já declarou estar trabalhando na elaboração de seu parecer, que será pela admissibilidade da proposta de emenda constitucional. Darci esteve reunido com equipe técnica da Câmara. À tarde ele se reunirá com a presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Bia Kicis (PSL-DF) e com integrantes do Ministério da Economia. Assessores dão conta de que Darci de Matos concluirá seu relatório o mais rápido possível.

A Fenajud (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário nos Estados) é contra a medida por acreditar que ela prejudica a prestação de serviço público no país, atingindo aqueles que mais precisam do Estado, bem como acaba com direitos da categoria e promove a perseguição dos trabalhadores e trabalhadoras que atuam no serviço público. Existe uma falácia de que “a reforma não vai retirar direitos, mas combater regalias e salários elevados”. A verdade é que ocupantes de altos cargos das Forças Armadas, da magistratura, entre outros, não serão atingidos pelas mudanças. A reforma também não trata dos cargos eletivos, a exemplo dos deputados e senadores.

O assessor do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconomicos (DIEESE), Thiago Rodarte, comprova. Ele aponta que “Como se tem uma reforma que, supostamente, vai combater privilégios e altos salários, se segmentos importantes não vão ser atingidos por ela? Quem, de fato, será atingido são os funcionários que ganham mal e a sociedade”, comenta .

Além disso, defensores argumentam que a introdução de uma dinâmica semelhante à do setor privado – que facilitará perseguições para ocasionar demissões – proporcionaria mais eficiência no serviço público. Esses mesmos ideólogos alegam que a estabilidade gera acomodação entre os trabalhadores. Porém, ignora-se, neste caso, que os serviços públicos e privados têm objetivos distintos. O setor privado visa primordialmente ao lucro. Já o setor público tem como missão servir a toda a sociedade, garantindo a concretização de direitos a todo e qualquer cidadão. O que se pode esperar da proposta do governo, na verdade, é a diminuição da eficiência, substituindo a qualificação pelo apadrinhamento, o que facilitaria, inclusive, o aumento da corrupção dentro do serviço público.

A Fenajud tem atuado contra a Proposta e conclama toda sua base a realizar uma mobilização direta na redes sociais dos deputados e deputadas de seus estados, visto que o diálogo direto com os parlamentares está comprometido devido ao trabalho remoto realizado no Congresso.

Fonte: Fenajud

Notícias relacionadas

REFORMA ADMINISTRATIVA PEC 32 CHEGA À CCJ; PRESSIONE OS DEPUTADOS! terça-feira, 09/02/21 18:51 Depois de completar cinco meses parada no Congresso, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020 – a Reforma Administrativa – começou a tramitar na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) após ser enviada nessa segunda-feira, 8 de fevereiro, ... leia mais
REFORMA ADMINISTRATIVA PEC 32:MOVIMENTO A SERVIÇO DO BRASIL LANÇA NOVA AÇÃO quinta-feira, 18/02/21 15:39 Como o SINJUS-MG já vem anunciando, a previsão é de que a Reforma Administrativa (PEC 32/2020) comece a tramitar em ritmo acelerado na Câmara dos Deputados, agora após o Carnaval. Por isso, as entidades sindicais que compõem o Movimento ... leia mais

Últimas notícias

ver mais
#ImagemAcessível: Imagem aérea de Brasília onde se vê o Congresso Nacional no centro da imagem e os ministérios de cada lado. CENÁRIO REFORMA ADMINISTRATIVA TEM CHANCES MÉDIAS NA CÂMARA E BAIXAS NO SENADO sexta-feira, 15/10/21 20:15 Foto: Commons Polêmica e criticada pela maioria das organizações ligadas ao funcionalismo público, a ...
Crianças e Livros: um encontro especial do SINJUS-MG sexta-feira, 15/10/21 09:03 Confira nossa live especial de Dia das Crianças. Tivemos contação de histórias, brincadeiras e ...
#ImagemAcessível: Montagem com fundo azul. Do lado esquerdo está o desenho de uma mão amarela segurando um saco de dinheiro. Do lado direito está a foto do advogado especialista em direito previdenciário, Abelardo Sapucaia: homem branco com olhos claros, calvo, vestindo terno preto com camisa branca e gravata rosa. Acima da foto está a logomarca do Núcleo de Aposentados e Pensionistas do SINJUS. Abaixo se encontra a logomarca da plataforma Google Meet. Conteúdo textual: Reforma da Previdência, 19 de outubro, terça-feira, às quinze dezesseis horas. APÓS REFORMA  REUNIÃO DO NAP VAI DETALHAR MUDANÇAS NA PREVIDÊNCIA  quinta-feira, 14/10/21 19:13 Na próxima terça-feira, dia 19 de outubro, às 16h, o Núcleo de Aposentados e ...
Top Fale conosco