ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

SINJUS GANHA APOIO EM PL QUE DESQUALIFICA SERVIDOR

terça-feira, 09/02/21 16:06

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) deve concluir, na próxima semana, as últimas composições de blocos, lideranças e comissões para retomar a tramitação de projetos. Entre eles, o Projeto de Lei 2308/2020, que está pronto para ser apreciado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), preocupa os servidores do Judiciário mineiro.

O projeto extingue 368 cargos efetivos, e, por consequência, reduz o número de vagas na Promoção Vertical (PV). Extingue, ainda, outros 365 cargos de função de confiança com preenchimento exclusivo por servidores efetivos, o que além de desvalorizar a mão de obra da Casa, ainda foi justificado pelo TJMG como ausência de qualificação entre os servidores. Em lugar dessas mais de 700 vagas que poderiam ser ocupadas por servidores efetivos estão sendo criados outros cargos – esses de livre nomeação e exoneração, ou seja, sem necessidade de concurso público.

E AGORA, DEPUTADO(A)?

A atual Administração do Tribunal de Justiça de Minas Gerais tem falado em gestão participativa, mas na prática não convida os sindicatos representantes dos seus servidores para negociar nada. Com o PL 2308 não foi diferente. O projeto foi aprovado pelo Órgão Especial em novembro passado e de lá foi enviado às vésperas do recesso de final de ano à Assembleia Legislativa, transferindo um problema interno para as mãos de membros de outro Poder.

O SINJUS-MG não perdeu tempo. Atento aos movimentos do TJMG, ainda durante o recesso parlamentar, denunciou aos 77 parlamentares os prejuízos à carreira e o desrespeito da atual gestão com seus servidores. E vem angariando apoios. Na reportagem de hoje, vamos destacar um importante parceiro desta luta, o deputado Professor Wendel Mesquita (Solidariedade), que deixou a seguinte mensagem aos servidores.


Outros contatos já foram estabelecidos e mais reuniões estão agendadas. Continue acompanhando nossas ações e faça sua parte, colega, envie e-mail aos deputados (aproveite nosso modelo e copie os e-mails aqui), marque-os em suas redes sociais e vote AQUI contra o PL 2308/2020.

Esse é apenas um dos projetos que podem enfraquecer o serviço público em 2021. Conheça os outros aqui e permaneça ativo em todas as lutas!

VAMOS JUNTOS EM DEFESA DOS DIREITOS DOS SERVIDORES.

SINDICATO É PRA LUTAR!

Notícias relacionadas

DESAFIOS 2021 PEDE UMA LUTA INTENSA segunda-feira, 11/01/21 12:55 Data-Base atrasada, carreira congelada, redução de vagas na Promoção Vertical, extinção de cargos efetivos, reformas que retiram direitos… o que não faltam são motivos para fazer a luta dos servidores do Judiciário mineiro ser ainda mais intensa este ano. ... leia mais
PL2308/2020 - MOBILIZAÇÃO TJMG JOGA DESVALORIZAÇÃO DO SERVIDOR PARA ALMG sexta-feira, 29/01/21 12:03 A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) retoma os trabalhos, na próxima segunda-feira, 1º de fevereiro, abrindo o terceiro ano da Legislatura. A semana vai começar para os parlamentares já com sessão plenária para as cerimônias de posse da ... leia mais
PL2308/20 TJMG AFIRMA NÃO TER MÃO DE OBRA QUALIFICADA ENTRE SERVIDORES terça-feira, 26/01/21 19:38 Você deve ter visto na reportagem publicada pelo SINJUS-MG, nesta segunda-feira (25), que o PL 2308/2020 em tramitação na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) extingue 368 cargos de Oficial Judiciário, reduzindo assim as vagas da Promoção Vertical (PV). Mas o prejuízo aos servidores não para por aí. Na ... leia mais

Últimas notícias

ver mais
Na imagem há uma mulher branca de cabelos longos e loiros, ela veste um roupão branco e está sendo maquiada por uma outra mulher branca (Arabela Rios), que veste camiseta rosa e calça jeans, ela tem cabelos médios cacheados e castanhos. Conteúdo textual: BENEFÍCIO - Filiadas têm desconto em maquiadora profissional. BENEFÍCIO FILIADAS TÊM DESCONTO EM MAQUIADORA PROFISSIONAL quinta-feira, 30/06/22 11:57 Foto: Arabela Rios / Divulgação O novo convênio fechado pelo SINJUS-MG vai ajudar as ...
Foto do ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso (homem de pele clara, cabelos grisalhos e utilizando terno e toga). DECISÃO MONOCRÁTICA STF OBRIGA MG A SEGUIR REGRAS DO RRF MESMO SEM AVAL DA ALMG quarta-feira, 29/06/22 18:10 Foto: Abdias Pinheiro/SECOM/TSE O Supremo Tribunal Federal (STF) publicou nessa terça-feira, 28 de junho, ...
Foto de uma escada e um homem com enquadramento do peito para baixo usando terno preto subindo a escadaria. Há também uma marca da Promoção Vertical 2020. PV 2020 PUBLICADAS DECISÕES DE RECURSOS E DE PEDIDOS DE RECONSIDERAÇÃO quarta-feira, 29/06/22 14:37 Foto: Freepik O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) divulgou nesta quarta-feira, dia ...
Top Fale conosco